Postagens Recentes

02/11/2018

Era eu por nós e você apenas por si


Não foi por acaso. Você pode dizer que foi. Você pode fingir que foi. Você pode repetir mil vezes a mesma mentira para ver se ela acalenta seu coração. Uma pena que te doa. Mas, você sabe, não foi coincidência. O acaso realmente existe? Eu aposto que não. 

Pensar em você vem com aquele gostinho de nostalgia, algo que ficou para trás, mas que ao mesmo tempo se faz tão presente. 
Aqui. Agora. 
Parece que meu interior se apegou aos mínimos resquícios. 
Que perigo!

É que, embora você tenha ficado lá, esse lá é perto, porque eu te mantive aqui. Firme. Imponente. 
O erro foi meu por saber que você estava indo embora, mas, ainda assim, ter te deixado com a chave para entrar. 
Assim, quando quisesse. 

Pensar em você vem com aquela sensação de algo que deixei passar. Aquele vento forte que chegou bagunçando sem que eu pudesse fazer nada a respeito. Vai ver eu realmente não podia. E foi por isso que caí. 

Já era inerente à mim estar sempre buscando uma solução pra tudo, sempre remediando qualquer problema que aparecesse porque, na minha concepção, poderíamos dar um jeito. Nós poderíamos. Ah, como eu estava enganada. Nunca houve um nós. Enquanto eu segurava a barra por dois, você não pensou duas vezes em soltar a corda e me deixar cair sozinha. E foi aí que notei, infelizmente um pouco tarde, o que já estava bem estampado à minha frente, mas que, no fundo, talvez eu não quisesse acreditar. Acabou. Era eu por nós e você apenas por si. 

Não precisa devolver a chave, finalmente coloquei uma tranca.
18

18 comentários:

  1. Oi, Anni!
    Seu texto me fez chorar hahaha no começo de outubro, meu relacionamento de sete anos e meio chegou ao final e nossa! Fiquei acabada haha O que você escreveu tocou numa ferida que ainda não está fechada e me emocionou bastante. Quero chegar logo no momento em que eu coloque uma tranca também!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  2. Que texto maravilhoso!
    Beijos.
    http://vinteedoisdemaio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Anne,
    O jeito é seguir em frente mesmo e desapegar, mesmo que seja difícil.
    Algumas feridas demoram pra cicatrizar, mas precisamos delas pra lembrar de levantar né.

    até mais,
    Nana e Leticia - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  4. Beautiful post, dear!
    A big hello from Germany!
    Hugs ♥
    LIANA LAURIE

    ResponderExcluir
  5. QUE COISA LINDA!
    Texto excelente!!!!!!!!!!!!!! Parabéns!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Anni.
    Muito bom seu texto. Acredito naquele ditado que quando dois não quer um não briga hehe. E vale para o amor também. Não adianta só um lutar pelo relacionamento, os dois tem que se dedicar.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Parece que vc sabe da minha história :(
    Que texto!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Anni!
    Gente, senti a dor desse texto aqui porque foi justamente o que passei no meu último relacionamento.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  9. Oi Anni.
    Lindo texto. Relacionamentos sempre são difíceis e muitas vezes o fim é doloroso. Mas quando conseguimos colocar a tranca, sentimos que é hora de seguir em frente.
    Bjus
    Doces Letras

    ResponderExcluir
  10. Com certeza, quando os dois não pensam como um conjunto, difícil dar certo. Lindo texto!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  11. Que texto, sério. Me emocionei com as suas palavras! Nem sempre as coisas acontecem da forma que a gente esperava, mas tudo acontece por um motivo.

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  12. Seu texto é muito verdadeiro, não há quem já tenha sofrido por um término que não se identifique com o que você escreveu. E isso é muito real, enquanto alguns se doam a um relacionamento amoroso, há a outra parte que vive apenas por si.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  13. Se eu chorei? chorei.
    Isso descreveu meu último relacionsamento. Sofri muito mas agr finalmente estou conseguindo superar. Eh difícil. Chorei lendo.

    ResponderExcluir
  14. Oie Anny =)

    Deixar alguém partir de nossas vidas é sempre um processo triste e doloroso, mas que às vezes é necessário.

    Eu estou nesse processo de desapegar de muitas coisas que me fazem mal, como diz meu psicólogo estou fazendo as pazes comigo mesma. Não é fácil, mas seguimos em frente.

    Belo texto!

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  15. Olha... dá até vontade de compartilhar esse texto!
    Mas é melhor eu ficar na minha. rs

    Texto da vida real! ;)

    Um beijo
    Jéssica Andrews Blog

    ResponderExcluir
  16. Aiiiiii que texto lindo, parabéns!
    Mil Beijos!
    https://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Uaaaau!
    Lindo!
    Muitas vezes o que a gente precisa é passar a tranca mesmo.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir

Anônimo está liberado, seja educado!
Qualquer dúvida e/ou sugestão, pode entrar em contato através do e-mail dearmasen@hotmail.com
Obrigada!